Ela é calça mais poderosa que você tem

Quem não gosta de usar uma roupa que valoriza o nosso corpo, né? Todo mundo! Tudo bem que as peças mais folgadinhas e oversized são super confortáveis, mas por serem mais soltas, elas escondem todas as nossas curvas e podem acabar dando uma impressão de corpo maior.

É por isso que as calças de cintura alta nunca saem de moda. Eu repito, N-U-N-C-A. Elas são poderosas! Conseguem aliar conforto, elegância e praticidade em uma mesma peça.

Lembra da calça de cintura baixa que foi o maior sucesso dos anos 2000? Eu peguei bem essa fase e confesso que torcia o nariz para qualquer roupa que pudesse chegar até o meu umbigo, achava super feio!

No entanto, eu me lembro também o quanto era desconfortável para sentar e abaixar. Sem contar que, por ter o cós mais curto, as blusas geralmente acabam mostrando um pouco da barriga, e convenhamos, não é muito legal ter as gordurinhas “pulando” para fora da calça. Em vez de valorizar, acaba deformando o corpo.

Isso não acontece com as calças de cós mais alto. Ao contrário, a cintura marcada modela o corpo, porque mantém a barriguinha no lugar e alonga a silhueta. O resultado é um super feminino e elegante.

Elas podem compor produções para todos os estilos e ocasiões, podendo variar apenas no tecido e na modelagem. A versão jeans é a mais versátil, porque transita bem do ambiente mais despojado para o mais social. Na linha mais chique, as calças de alfaiataria são perfeitas.

Para provar o quanto essa peça é versátil, confira as inspirações que eu separei:

Foto: reprodução.

 

Se é antigo, então é tendência!

A vibe retrô está cada vez mais na moda! O que é antigo mais atual do que nunca. Sabe aquela frase que diz que quem vive de passado é museu? Então, ela não se aplica na moda!

Eu adoro esse poder que a moda tem de se renovar e reinventar. Não existe tendência “descartável”. Em algum momento, algo que hoje está super em alta, ficará ultrapassado, e um tempo depois irá reaparecer, seja como algo retrô  ou como uma releitura.

Existem muitas peças vintages que ultrapassam décadas e vão ficando cada vez mais estilosas. Aquilo que antigamente era um item bem básico se transforma na peça poderosa que deixa o look mais cool na hora!

Entre as principais peças podemos citar as t-shirts brancas ou estampadas, as calças de cós alto, calças largas, jaquetas jeans e blazers com ombreira. Sem contar os calçados e acessórios, mas isso vamos deixar para um próximo post!

É por isso que os brechós permanecem firmes e fortes. As fashionistas amam! Fica a dica também para fazer uma visitinha no armário da mamãe e da vovó. 🙂

Fotos: reprodução.

Intervenção militar na moda

Já tem algumas temporadas que o militarismo vem tomando as ruas e se consagrando uma das principais apostas de moda no inverno. A tendência traz uma pegada cool e urbana fantástica para os looks da estação!

Por ser uma estampa marcante e muito estilosa, as peças camufladas não precisam de muitos complementos para criar uma produção bacana. Já os tons de verde (variações entre o verde musgo e o oliva) podem ser considerados neutros porque combinam com tudo. Aliás, ta aí uma ótima sugestão para dar uma fugidinha das cores básicas de sempre!

Por falar nas cores clássicas, é claro que elas também podem fazer parte dessa tendência. Quem não é muito fã do verde ou do camuflado, ou ainda não abre mão do preto e dos tons de marrom, pode optar por peças do vestuário militar, como, por exemplo, parkas e coturnos nessas cores.

Diferentemente de quando o assunto é política, o mood militar na moda é sim super democrático e garante um resultado incrível!

Fotos: reprodução.

Os coturnos são os protagonistas do look

Estilosos, poderosos e marcantes. Os coturnos vão muito além de um simples calçado, eles se tornam os protagonistas do look.

Por ser mais estruturado, antigamente até podíamos dizer que este era um calçado exclusivo do vestuário masculino e do universo do rock, mas hoje em dia ele se tornou tão cool, que conquistou as mulheres de todos os estilos.

São diversas modelos, dos mais altos aos sem salto, lisos, envernizados, com amarrações, de couro ou coloridos. Os modelos são versáteis e se adaptam aos diferentes estilos, por isso é possível montar uma produção mais romântica, mais boho, despojada ou sexy, sem problemas.

O coturno tem um charme jovem e urbano que confere personalidade ao look, por isso tem feito tanto sucesso entre as fashionistas.

Ainda tem dúvida de como combinar este calçado tão power? Então dá só uma olhada nessas inspirações:

Fotos: reprodução.

O xadrez deste ano é príncipe!

Todo ano a moda lança diferentes tipos de padronagens, das mais minimalistas até as mais futuristas. Porém, em meio a tanta novidade, sempre tem aquelas estampas clássicas que nunca são esquecidas e a cada ano aparecem mais fortes.

É o caso do xadrez! Uma estampa que vem passando de geração para geração e se tornou uma das maiores conquistas do mundo fashion.

Podemos usá-lo o ano todo, mas é principalmente na temporada de outono/inverno que o xadrez domina as ruas. Existem infinitas variações de quadriculados, possibilitando transitar em diferentes estilos. Do mais tradicional ao mais urbano.

A cada temporada uma variação diferente se sobressai. Ano passado o queridinho da vez foi o xadrez Vichy com seus quadrinhos bem definidos e ar pin-up. Esse ano, o protagonista do momento também tem uma pegada vintage, porém com riscas irregulares.

O xadrez “Príncipe de Gales” surgiu no século 19, mas ficou popular no século 20 quando passou a ser usado pelo então príncipe do País de Gales, Edward VIII. Sua padronagem apresenta um médio contraste entre as listras e o fundo e mistura um pouco o xadrez Vichy e o Pied-de-Poule. O seu padrão de cores é mais suave e neutro (cinza, preto e branco). Por ser muito usado na confecção de peças clássicas de alfaiataria, podemos considerá-lo uma variação de xadrez mais elegante.

Na hora de combinar não tem muito segredo, porque ele continua sendo uma estampa versátil. Dá para montar um look mais clássico ou fazer um hi-lo bem bacana.

É sempre bom lembrar de duas dicas que valem para qualquer ocasião e para qualquer varição de xadrez:

1. Tenha em mente que tecidos estampados chamam mais atenção do que os monocromáticos e lisos, por isso na hora de saber qual peça estampada usar, leve em consideração qual parte do corpo quer destacar mais. Dependendo do posicionamento da peça, a estampa pode aumentar ou diminuir a silhueta.

2. Existe um tipo de xadrez “recomendado” para cada ocasião. Os modelos com quadriculados menores, linhas mais finas e cores neutras são mais formais, já aqueles mais geométricos, com tamanhos maiores e coloridos, são mais casuais. Para não errar, equilibre o look combinado o xadrez com peças lisas e em tons da estampa.

Fotos: reprodução.

Ana no Vitrine: tecidos de inverno

Para quem fazia tempo que não aparecia no programa Vitrine Revista da TV Tarobá, essa semana eu me superei! hahaha 😛

Confira a matéria sobre dicas de looks

Esta segunda matéria foi super especial! Nós gravamos na Maximus Tecidos, a loja em que eu trabalho e que é nada mais, nada menos que a maior loja online de tecidos do Brasil. A pauta da vez foi sobre os tecidos de inverno que vão aparecer (e muito) nesta temporada de outono/inverno.

Você pode adquirir todos esses tecidos e muitas outras opções maravilhosas AQUI!

Além do site, a Maximus Tecidos tem loja física em Toledo e em Cascavel, no Paraná.

Manual das botas: descubra qual valoriza o seu tipo de corpo

É só fazer um friozinho que a gente já troca as sapatilhas e a sandálias pelas botas, né? Elas são confortáveis, protegem os pés/tornozelos/pernas e trazem poder para o look. Não é para menos que são indispensáveis no guarda-roupa de toda mulher!

Existem vários estilos de bota, desde modelos baixos até os mais altos, com diferentes pegadas (sexy, rocker, country, fashionista…) e com tamanhos de canos diferentes.

E no meio de tanta opção, é importante saber qual é o modelo que valoriza cada tipo de corpo e qual a melhor maneira de usá-lo para deixar a produção com o resultado que você quer.

1. CANO CURTO

Esse modelo de bota tem o cano até um pouco abaixo do tornozelo. Fica bem nas baixinhas, porque mantém as proporções equilibradas. No entanto, se a ideia é causar o efeito de silhueta mais longa, o truque de styling é usar uma meia calça ou mesmo uma calça da mesma cor que a bota.

2. ANKLE BOOTS

Traduzindo, é uma bota na altura do tornozelo. É muito versátil porque combina com mulheres de todas as alturas e tamanhos de pernas.

3. CANO MÉDIO

Seu cano vai até na metade das panturrilhas. É uma boa opção para quem tem a perna mais grossa e quer usar uma bota de cano mais alto, já que os modelos como a over the knee dificilmente fecham o zíper.

4. CANO LONGO

É o modelo de bota mais tradicional e queridinho das mulheres. O cano termina cano um pouco antes do joelho. Se for sem salto é conhecida por bota montaria. É um tamanho de cano ideal para quem tem estatura média e alta, porque o comprimento segue a proporção da altura. Já nas baixinhas, ela dá um efeito de “corte” que achata. Neste caso o truque das cores combinando com a meia/calça ajuda a alongar.

5. OVER THE KNEE

Seguindo a tradução do nome, é uma bota que vai além do joelho. De todos os modelos, é o que mais requer cuidado na hora de usar. Não valoriza as mulheres mais baixas e nem as de pernas grossas. Para dar uma ajudinha no look, criar uma ilusão de pernas mais longas é indispensável. Aposte no salto e no truque das cores.

Ela é a bota desejo deste inverno!

As tendências de inverno já estão dando as caras por aí e uma delas promete causar bastante frisson entre as mulheres!

A bota é o calçado indispensável de todo inverno, mas em vez de ficarmos limitadas aos modelos tradicionais, as versões coloridas, com estampas e brilho chegam para trazer um novo fôlego para as produções da temporada mais fria do ano.

Já falamos sobre as botas estilosas da moda aqui no blog, confira aqui!

Contrastando com os looks neutros e sóbrios, a bota vermelha vem para reinar! Ela já roubou a cena nos desfiles internacionais e conquistou as fashionistas.

Seja de cano alto, baixo, com salto ou não, a bota vermelha chama a atenção e por isso se torna a protagonista do look. Por isso, vale apostar em peças que não briguem com a cor da bota e assim, garantir uma harmonia perfeita.

É possível fazer diferentes combinações com ela, desde opções ousadas até opções menos chamativas. O fato é que com um calçado desse, qualquer produção básica ganha um ar fashionista na hora!

Uma dica para quem tem receio de apostar nesta tendência de cara, é escolher uma tonalidade de vermelho mais escura ou usar por dentro da calça.

Separei algumas referências de combinações para mostrar que é possível sim incluir a bota vermelha nos nossos looks sem neura:

Fotos: reprodução.

Tela aramada: decoração prática e criativa

Fazia tempo que não aparecia nenhuma ideia de decoração por aqui né? 😛

Então hoje eu trouxe várias fotos inspiradoras para você que gosta de unir decoração, organização e praticidade!

A tela aramada é a must have do momento! Ela serve como um painel para organizar e pendurar diversos objetivos.

Você pode colocá-la fixa na parede ou escorada. Não ocupa espaço, o que é ótimo para quem mora ou trabalha em um lugar com ambientes pequenos e precisa otimizar os espaços.

Pode servir como painel de fotos e recados, suporte para utensílios domésticos, para plantas e até calçados. Ou seja, basta usar a criatividade.

O resultado fica incrível!

Fotos: reprodução.