O temido corte químico

Você já conhece a expressão “corte químico”? Quem sabe do que se trata e tem amor aos seus cabelos, só de ouvir já sente um arrepio!

O corte químico é a pior coisa que pode acontecer com os nossos fios! Se trata de uma desestruturação na fibra capilar causando o seu rompimento. Este problema pode ocorrer devido ao excesso de procedimentos químicos em cabelos que já estão fragilizados, pode ser também por causa do uso incorreto de produtos ou ainda por incompatibilidade entre os reagentes de produtos químicos. Por exemplo, fazer um procedimento químico a base de amônia e depois fazer um a base de hidróxido de sódio.

Dependendo do procedimento que foi feito o corte químico pode ser percebido claramente com a quebra do cabelo, pois os fios se partem e caem em tufos imediatamente, como se estivessem se desmanchando, após o enxágue ou secagem (isto ocorre principalmente nos casos de incompatibilidade química).

Além da quebra e da queda excessiva, outros sintomas podem indicar a desestruturação capilar:

  • Excesso de pontas duplas, triplas, quádruplas e pontinhos brancos;
  • Cabelo emborrachado e elástico;
  • Aspecto opaco e textura áspera.

Ok, Ana! Mas e depois que aconteceu o corte químico, o que se pode fazer? A primeira reação é sentar e chorar mesmo, porque a situação é trágica. O desespero é inevitável, mas é importante ter calma para fazer o tratamento de recuperação certo!

O primeiro passo é tentar alinhar o corte de cabelo, porque como os fios não quebram de forma uniforme, o comprimento fica totalmente irregular.  Depois disto é fundamental ter paciência.  A recuperação não é de uma hora para outra e muito menos de um mês para outro.

Para a recuperação dos fios é necessário fazer um tratamento de reconstrução capilar, intercalando nutrição e hidratação. Além disso é importante dar um tempo no uso de químicas, secador, chapinha e babyliss e tudo aquilo que pode prejudicar o cabelo.

E para EVITAR que todo esse sofrimento aconteça, sabe o que temos que fazer?

  • Manter o nosso cabelo saudável;
  • Fazer ou solicitar um TESTE DE MECHA antes de realizar qualquer procedimento químico. Lembrando que o teste de mecha deve ser feito no mínimo dois dias antes de você fazer a aplicação definitiva, pois muitas vezes a reação não vai acontecer logo após o teste.
  • Utilizar produtos de qualidade e procurar profissionais qualificados.

gty_hair_thinning_jef_140722_16x9_608

 

Amigas da tesoura

Basta dar uma passeadinha pelo Instagram ou folhear uma revista para saber que o corte que literalmente está fazendo a cabeça das mulheres é o bob hair!

Muitas mulheres estão trocando as suas longas madeixas pelo corte que deixa os fios na altura do ombro. Eu confesso que estou ficando beeeeem tentada a mudar também! O visual fica super moderno, jovial e muito prático, perfeito para a correria do dia a dia.

O corte bob é versátil tanto no sentido de combinar com todos os formatos de rosto, quanto no sentido de possibilitar fazer vários tipos de penteados. Quem quer moderzinar ainda mais e dar movimento aos fios pode escolher a versão do corte que é mais repicado, com a parte da frente mais longa do que a de trás. Fazer um babyliss bem bagunçadinho também é um truque que deixa o visual incrível!

O que vocês acham desse corte do momento? Também estão ficando com vontade de passar a tesoura? hahaha!

14473973_1198929690164077_5412471078649856000_n14487305_538377209700463_4374389500525150208_n14592168_385961315068891_234834805856927744_n14712399_313976065647140_232368352167723008_n14373920_1185528931507726_239863963452440576_n14553240_568232113363263_2047444200294711296_n14269061_561572554033038_676319828_n21

Fotos: reprodução.

Solução para pontas duplas

Vocês também sofrem com o problema de pontas duplas no cabelo? O coisinha mais chata e que parece que se multiplica! E o pior é que é uma tentação ficar puxando os fios quando estamos entediadas, mesmo sabendo que não pode! 😦

Mas para tudo se dá um jeito! Tem um jeito de solucionar esse problema sem ter que cortar o comprimento do cabelo. Porque você sabe que depois que a ponta do fio abre, ela não volta mais ao normal, então para eliminá-la é preciso cortar. Porém, você não precisa exatamente diminuir o comprimento do seu cabelo, dá para tirar só a ponta dupla mesmo.

Quer aprender como fazer isso sem correr o risco de estragar o corte? Então assista a dica que eu gravei para o programa Plural, da Catve.

Assista AQUI!

aa