Plano Bê: quando você chegar

1

Quando você chegar sorria pra eu te reconhecer. Aquele tipo de sorriso em que as almas se abraçam, para eu saber que é você. Quando você chegar deixe todo o passado lá fora na soleira da porta.  Eu quero viver só de ‘agoras’ com você.

Quando você chegar, afaste com jeito a mecha de cabelo do meu rosto para trás da orelha para eu gostar já, de cara, de você. Sem demoras, nem conflitos.

Quando você chegar diga que também me procurava, que gosta de livros, me ofereça uma música e faça um brigadeiro, pra eu saber que é você.

Quando você chegar me deixa ser desse jeito, maluca, sonhadora e intensa. Não peça pra eu mudar, pois foram todas as manias, sorrisos, notas musicais, lembranças, estrelas cadentes, segundas-feiras chuvosas, sábados ensolarados, e todos os sonhos e livros que me fizeram assim. Então isso é o que sou.

Quando você chegar não precisa ter tanto medo de mim. Eu não sou uma peça de porcelana no alto da estante tão longe assim do seu braço. Pode bagunçar meu cabelo, fazer piada das minhas manias e rir do meu jeito, assim, vou saber que é você.

Quando você chegar diz que me aceita assim, que gosta de um filme em dia de chuva, que acorda de bom humor e que torce para o Palmeiras. É que eu sou corintiana e adoro uma boa provocação, e casal que combina demais, em tudo, é monotonia demais para minha vida meio duzentos e vinte por hora. Seja um pouco meu oposto, para podermos nos encaixar, assim eu vou saber que é você.

É que tanta gente já chegou e me apeguei antes de saber e me machuquei. Então eu preciso ter certeza de que é você que eu estava esperando esse tempo todo e que é o seu abraço o único no mundo que vai se encaixar no meu. Acho que isso deve ser tipo amor, quando você abraça a outra pessoa e os corações batem em uníssono.

Quando você chegar não me avise antes, sou ansiosa e prefiro surpresas. Me pegue desprevenida e me dê amor sem pedir nada em troca. Não seja tão clichê, faça o que outros não fizeram, seja leve e me leve.

Me mostre que a vida pode ser sempre melhor,  e eu vou saber que é você. Quando você chegar me pegue no colo, me fale de sonhos, me deixe divagar as minhas teorias sobre o amor e depois me beije fazendo todas elas caírem por terra me ensinando que amor não tem teoria, que o único sentido é sentir.

Bethania Davies

Foto: reprodução.

One thought on “Plano Bê: quando você chegar

  1. Me descreveu completamente,até meu time! Apaixonada…”Quando você chegar sorria pra eu te reconhecer. Aquele tipo de sorriso em que as almas se abraçam, para eu saber que é você…” ❤️❤️

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s