Plano Bê: Eu quero é…

chalk

…frio na barriga. Contar os minutos para ver alguém. Perder a noção do tempo. Planejar o fim de semana perfeito. Querer que o tempo congele. Pele arrepiada. Mãos suando.  Coração acelerado. Me encontrar num abraço. Contar segredos. Sorrir feito uma boba. Ter uma “nossa música”. Ligações demoradas depois das dez. Sorrir ao ouvir um nome. Mãos dadas. Cumplicidade.

Eu quero é me apaixonar! Mesmo que seja precipitada ou impulsivamente. Paixão é bom e ponto. E eu me apaixono mesmo, faço declarações de amor mesmo, escrevo texto apaixonado MESMO! Acho que as pessoas andam céticas demais. Amando de menos. Não sei não, mas se elas amam, estão disfarçando muito bem! Já eu nem faço questão de esconder, sou uma pessoa muito melhor quando me apaixono.

Penso o seguinte: ninguém começa relacionamento esperando que ele acabe, mas, e daí se não der certo? Pelo menos você fez seu coração vibrar por um tempo. Limpou as teias de aranha e o fez pulsar forte e feliz. Se não der certo, pelo menos você agora tem bateria para a temporada de solidão, pois a carga de energia da vida a gente abastece nos curtos períodos em que estamos sob o efeito da paixão.

Não sou muito louca, nem precipitada, e posso dizer que nos últimos três anos eu tornei público, no máximo, três amores diferentes. E… Droga! Não deu certo com nenhum deles. Mas e daí? Pensa que me arrependi? Eu não tô nem aí! Eu quero é me apaixonar!

Eu adoro a paixão, quase mais que o amor. Paixão é que devia ser eterna. Imagina só se todo mundo vivesse sempre apaixonado? Pela vida, pelo trabalho, por alguém…  O mundo ia ser um lugar sensacional! Tá faltando gente apaixonada. Por favor, se apaixonem mais! É uma pena, mas enquanto eles enfiam suas caras no computador, em processos civis e sistemas binários para sustentar a nomenclatura de pessoas sérias e equilibradas, eu estou fazendo minha parte: sorrindo feito besta por aí; cantando junto com o rádio, no semáforo, e rindo da cara de espanto do “vizinho” que para ao lado. Estou fazendo minha parte melhorando o mundo, me apaixonando. De novo e de novo e de novo. Do jeito mais gostoso que a vida pode proporcionar a alguém. Se isso é loucura eu quero permanecer louca, louca, louca, mas, incrivelmente feliz. Serei um ponto colorido neste mundo pálido dos normais.

Bethania Davies

Foto: reprodução.

2 thoughts on “Plano Bê: Eu quero é…

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s