Plano Bê: de mudança

6b5e2d267ca005265a4b9e91e6f909dd

“Trocas” vai ser a primeira coisa que quero ensinar aos meus filhos quando aprenderem a aprender. Aceitem ou não, mas a assimilação do significado dessa palavra deveria ser feita muito cedo, pois de trocas é feita a vida. Mudança, alteração, conversão, metamorfose, modificação, mutação, remodelação, transfiguração, transformação, transição, transmutação.

Os sinônimos são muitos e começando pelas fraldas nossa vida passa por muitas trocas e transformações até o momento em que cada um está vivendo hoje. Eu já troquei de amigos, já troquei de gostos, já troquei até de nome. Já mudei de casa, de cidade, de país, de opinião, principalmente de opinião. Já me transformei, às vezes sou louca, outras sou santa, já troquei de cabelo, já troquei de sapato, de namorado, e nisso, já fui trocada também. Doeu, mas eu sobrevivi. Eu sempre sobrevivo, e como qualquer mudança para qualquer ser vivo deste planeta, a dor é um elemento fundamental para o amadurecimento. Fundamental para a larva transformar-se na mais linda borboleta quando a primavera chegar. Pois bem, a todas as minhas transformações eu consegui resistir sem cair. A possibilidade de coisas novas hoje já não me mete medo, me fascina.

Passarinho que não se atira no voo permanece para sempre no ninho sem saber como a vida é lá fora. Só que isso não acontece com passarinhos, eles voam, deixam a vida fazer seu papel e apenas aceitam as metamorfoses, caem, se machucam, mas aprendem, eles sempre aprendem. Quem não aprende a conviver com o risco fica pra sempre à beira da estrada, esperando a vida vir buscar. Até que um dia, “click”, a ficha cai e você percebe que ninguém vai te pegar pela mão e te levar pelo mundo. Que se você tiver medo da mudança significa que você tem medo da vida, porque ninguém disse que a vida era inerte. A vida é instável por natureza, por isso mudamos de idade uma vez por ano. Para não esquecermos de que a transformação faz parte do caminho. Que sem mudar alguma coisa não existe evolução. Que a vida é feita de trocas constantes, viver é trocar conceitos velhos e empoeirados por novas e reluzentes possibilidades. E quem passa seus dias resistindo à mudança já morreu há muito tempo.

Bethania Davies

Foto: reprodução.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s