Plano Bê: desistências

Captura de tela inteira 22052014 124126

Estive pensando: eu poderia desistir de você! Sim! A hora que eu quisesse. Poderia desistir ontem quando vi você passar na rua tão lindo. Poderia desistir segunda-feira quando vi você sorrindo tão dela. Poderia desistir quando não tive coragem de te procurar semana passada. Eu posso desistir a hora que eu quiser, mas acontece que eu não quero. Desistir de você seria desistir de mim, seria desistir de tudo, seria desistir dos meus textos sobre amor que são todos pra você, seria desistir do que mais quero. Acontece também, que eu não sei desistir. Não de alguém como você. Não de você, que me arranca sorrisos tão sinceros e suspiros tão felizes. Você também não colabora! Poxa vida né?! Precisava ser tão “a pessoa perfeita para minha vida” desse jeito? Eu não desisto. Às vezes, ver teus olhos olhando outros horizontes me dá um frio na barriga, e nessas vezes eu desisto, por uma hora, por um dia, mas a noite quando a ordem cronológica do universo recomenda que é hora de dormir, eu tenho um travesseiro confidente que me ouve chamando teu nome. Afinal, minhas desistências de você são sempre fracassadas pelo milésimo de segundo em que te vejo sorrir. Não que eu seja fraca, eu posso desistir de você agora se eu quiser, mas eu não quero. Não vou desistir.

Bethania Davies

Foto: reprodução.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s