Então eu achei… LIVRO: A culpa é das estrelas

photo (1)

Para mim livro bom é aquele que a gente termina de ler e pensa: poxa, podia ter o 2!
Acabei de ler um livro assim. Um livro, que provavelmente vai levar o título de “meu livro favorito”, junto a outros três livros.

Se for para adjetivar, arrisco-me a dizer que “A culpa é das estrelas” é um livro dúbio. Consegue ser doce e amargo, engraçado e triste, tudo junto, ao mesmo tempo.
A narrativa é uma delícia! Vai te levando, e quando vê, você se sente intima das personagens, sabe?
Sou da categoria de leitores que acredita que o livro é uma realidade paralela e enquanto não estou lento fico pensando “o que será que eles estão fazendo agora?!”
A trama é tão possível, que passei os dois dias que levei para lê-lo, me imaginando nela. Pois é, li o livro em 2 dias, o que para mim é o record dos records. Quando eu não estava lendo, estava pensando ou comentando sobre ele.
Em linhas gerais, o livro conta a história de Hazel Grace, uma garota de 16 anos que “convive” com um câncer, o que a obriga estar sempre acompanhada de seu fiel cilindro de oxigênio. Não, o livro não é bobo e não fala sobre a amizade da menina e seu cilindro de oxigênio. A história fala da amizade/paixão/amor entre Hazel e Augustus, um jovem de 17 anos, braços malhados e lindos olhos azuis, que ela conheceu no grupo de apoio a jovens com câncer.

Quando me falaram do livro pensei que seria algo deprimente, que te faz sentir pena de alguém, ou uma coisa meio autoajuda, com exemplos de superação e que no fim das contas quer te dizer “pare de reclamar da vida! Levante este traseiro gordo do sofá e faça mais por você mesmo!” Mas não é nada disso. É só a história de uma jovem que tem dilemas, sonhos, perguntas sem respostas e se apaixona por um garoto que como ela, e 99% dos jovens, tem dilemas, sonhos e perguntas sem respostas.

Terminei o livro muito curiosa. Querendo entender o que se passa na cabeça do autor e em uma “googada” encontrei o site da editora do livro, onde o autor respondeu perguntas feitas por leitores. Fiquei horas lendo… Muito bem sacado! Vale a pena dar uma olhada. Mas atenção: só leia o site depois de ler o livro, se não vai perde a graça!

Sério, estou encantada pelo livro e passaria horas escrevendo sobre ele, o que deixaria esse post incrivelmente chato. Mas ao invés disso, resolvi pesquisar outros livros do autor, para colocar na lista de “próximos” e ver se o encanto permanece.

A CULPA É DAS ESTRELAS
Autor: Jhon Green
Tradução: Renata Pettengill
Editora: Intrínseca
Páginas: 283

Beijos,
Andresa

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s